quarta-feira, 25 de abril de 2012

VERSOS E CANÇÕES


Minhas primeiras falas gravadas foram de versos bíblicos, aos 12 anos de idade, num daqueles gravadores de duplo deck, que na época era o que havia de mais moderno. O aparelho era do “irmão” Geraldo membro da igreja em que eu participava com meus pais. Tomei gosto. Pela gravação. Lembro-me que em 1982 eu me aproximava dos carros de propaganda política e pedia para falar no microfone.

Tomei gosto pela escrita. Compus vários textos e, na escola, nas aulas de redação, sempre tirei boas notas.

Entrei para o rádio. E essa facilidade com textos me ajudou muito na profissão, principalmente para edições. Ler o que a gente mesmo escreve, dá uma maior segurança. Gravar textos de nossa autoria, ajuda na maneira de interpretar também.

Em 1994 gravei em fita cassete, o que seria o meu primeiro trabalho independente do rádio. “O Fim do Drama Mundial” foi o título  da publicação em áudio. Foi numa parceria com um anunciante do meu programa de rádio – a Gravadora Luz & Vida de Nilópolis-RJ.

Mensagens sobre a volta de Jesus
e as condições do mundo atual
Em 1997, gravei o segundo trabalho “Mensagens de Esperança” – no estúdio da Rádio Novo Tempo de Governador Valadares, com a sonoplastia e edição do meu amigo e diretor da emissora na época, Carlos Pimentel. Este não tinha fins comerciais. Era sorteado para os meus ouvintes.  


Em breve teremos o CD Versos e Canções, feito em parceria com o músico e compositor Juninho Moura que cuidará da parte musical. A minha parte já foi gravada: são textos de reflexão, otimismo e fé, além de passagens bíblicas para o nosso alento e enlevo espiritual. Com uma linguagem de fácil assimilação, a proposta é atender também a um público não evangélico, porém com uma linha bem definida sem fugir aos princípios cristãos.


Se Deus quiser, nos próximos meses poderei compartilhar mais esta obra com meus amigos e ouvintes.